segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Meia Hora com seu Bola + Gato

Hoje o post é mais sobre uma capa criativa do jornal Meia Hora que acabou repetindo para uma outra notícia sobre um assunto parecido. A capa é essa daí:



Agora vamos ver daonde saíu essa criatividade toda que foi reaproveitada hoje.

1ª notícia: capa  http://goo.gl/Gzab Notícia: http://goo.gl/AwOL seguido do copy & paste



Mulher oferece sexo oral como propina a PM

28/07/10 00:09 
atualizado em 28/07/2010 01:50


Nada de cervejinha! Suborno, agora, é mais íntimo

Rio - Uma vendedora ambulante de 32 anos foi presa em flagrante ontem, no Centro do Rio, ao tentar subornar um cabo do 13º BPM (Praça Tiradentes) para ajudá-la a incriminar o ex-namorado dela, a quem a mulher acusou de furtar seus pertences. O mais inusitado foi a ‘propina' oferecida: ela sugeriu fazer sexo oral - o popular ‘bola gato' - no PM.
O casal estava na Praça Virgílio de Melo Franco, no Castelo, quando foi encontrado pelos PMs. "A mulher, que havia acionado o serviço 190, acusou o rapaz de roubo, por isso levamos os dois à delegacia para resolver o caso", explicou o sargento que esteve no local com o cabo.
Na 5ª DP (Gomes Freire), a mulher fez a proposta indecente ao cabo. "Por alguns segundos, fiquei sem ação, porque achei que não tivesse ouvido direito. Mas ela é tão feia, tão feia, que não tive dúvida em dizer: você está presa. Até perguntei se ela estava me confundindo com alguém", contou o PM, que ouviu piadas do colega de plantão: "Se fosse a Gisele Bündchen, meu amigo teria aceitado o ‘serviço' proposto e seria enquadrado por corrupção passiva", riu o sargento, que testemunhou a oferta.

Autuada por corrupção
A ambulante foi autuada na 5ª DP por corrupção ativa, que pode lhe render de 1 a 8 anos de prisão. Numa tentativa de sensibilizar os PMs a não registrar o caso, a mulher, grávida de 7 meses, ainda afirmou ser portadora do vírus HIV.

2ª notícia: capa http://goo.gl/F9Sz Notícia: http://goo.gl/eTZ5 seguido do copy & paste:

Acerto ‘de boca’

30/08/10 01:18 
atualizado em 30/08/2010 01:19

Policial é investigado por pedir sexo oral a mulher

Rio - Indiciada por furto qualificado na 39ª DP (Pavuna), a estudante de Direito J., 34 anos, recebeu uma inacreditável proposta de um policial da delegacia para que o caso fosse arquivado: fazer sexo oral no agente. Revoltada, a mulher resolveu gravar a sugestão do policial e denunciá-lo à Corregedoria Interna da Polícia Civil (Coinpol). O agente pode até ser demitido da corporação.

Na primeira visita à delegacia, feita em 21 de maio, J. já havia ouvido a ‘proposta sexual' do agente, com a promessa de arquivamento do caso. Segundo ela, o policial já havia argumentado, durante a conversa, que ela teria gasto de cerca de R$ 3 mil com um advogado. 

Na segunda vez em que teve de depor, ela resolveu gravar a conversa com o acusado, que voltou a fazer a proposta. Na gravação, de cerca de 50 minutos, é possível ouvir a mulher esclarecendo detalhes do inquérito a dois policiais numa sala. Quando um deles deixa o local, começa o assédio mais direto. "Então, eu mereço ou não?", pergunta o policial. A jovem retruca: "Merece o quê?". Então, o agente é direto: "Um b... (sexo oral)". 

Quando questionado pela moça sobre a coragem de fazer tal proposta dentro do ambiente de trabalho, o policial demonstrou pouco caso. "Foi nojento e humilhante o que aconteceu comigo", desabafou J..

De acordo com o diretor do Departamento de Polícia da Capital, Ronaldo Oliveira, foi instaurado um inquérito, que ainda está em fase de apuração. "Caso fique comprovada a participação desse policial no assédio, ele poderá sofrer sanções ou até ser demitido" explicou Oliveira.

Tenham uma boa semana.

2 comentários:

  1. pode até ser demitido?!....poxa vida...

    ResponderExcluir
  2. eheheheh... acho que vc deveria mudar o título do teu blog e colocar mais ou menos assim:

    "Caindo de boca"

    acaso é algum "fetiche" que o amigo tem pelo assunto? eheehehhe

    duas matérias na mesma página...

    Aqui no Sul estamos mais preocupados com o tamanho do nariz. ehehehhe

    ResponderExcluir